Archive: Daily Archives: agosto 6, 2017


3 Shots Que Fazem Bem à Saúde

Se você veio aqui para ver se finalmente saiu um estudo comprovando que a tequila faz bem à saúde, pode dar meia volta. Eu estou falando de shots naturais, feitas com especiarias que dão uma chacoalhada no seu corpo e eliminam todas as impurezas acumuladas.

Com o nosso dia a dia corrido, fica fácil não ter tempo de preparar saladas elaboradas ou outros alimentos saudáveis. Mas eu vim aqui com uma solução para você! Com essas 3 receitas eu não quero mais ouvir de gripe que parece que não sai do corpo, de fadiga física e mental e de sensação de metabolismo lento. As receitas abaixo são para doses individuais, mas você pode preparar para a semana toda e deixar na geladeira!

É importante tomar os shots logo pela manhã e em jejum. E não fique preocupado se nos primeiros dias você sentir um leve desconforto no estômago, dor de cabeça ou enjoo. Esses, na verdade, são sintomas do seu corpo se desintoxicando. É a dorzinha da cura!

 

  1. Energy Shot

Suco de aloe vera suficiente para ¾ de um copo para shot

1 colher de café de pimenta caiena

2 colheres de sopa de suco do limão espremido

1 colher de café de mel orgânico ou stevia para adocicar

 

  1. Green Detox Shot

Suco de wheatgrass (grama do trigo) suficiente para ½ copo para shot

Suco do gengibre espremido suficiente para ½ copo para shot

1 colher de café de mel orgânico para adoçar

 

  1. Wellness Elixir Shot

Água suficiente para ½ de um copo para shot

½ colher de chá de açafrão em pó

½ colher de café de canela em pó

½ colher de café de gengibre em pó

1 pitada de pimenta caiena

1 pitada de stevia

 

Benefícios dos Ingredientes Principais

Confira abaixo algumas das vantagens que esses shots antioxidantes (connection to antioxidant filler) vão trazer para a sua vida. A combinação deles é excelente para amparar o extermínio da acne, dores menstruais, cansaço e falta de energia, sensação de inchaço, dores nas articulações, etc.

 

Wheatgrass (grama do trigo): melhora o funcionamento da tireoide, desintoxica as células, otimiza o sistema imunológico, purifica o fígado, combate a gripe e a ressaca.

Pimenta Caiena: auxilia na digestão, promove o emagrecimento, é um agente anti-inflamatório e antifúngico.

Gengibre: combate a indigestão e náusea, auxilia a diminuir a dor muscular e reduzir inflamações, favorece o bom funcionamento do sistema cardiovascular.

Açafrão: agente anticoagulante e antidepressivo, é utilizado como remédio natural contra o câncer, reduz os níveis de açúcar no sangue, regula o colesterol.

Os 5 Benefícios da Rhodiola Rosea

A medicina herbal, também conhecida como fitomedicina ou medicina botânica, toma conta de aproximadamente 25% dos medicamentos prescritos ao redor do mundo. Tal prática refere-se ao uso de raízes, flores, folhas, sementes ou casca de plantas para a medicação de problemas de saúde.

Não se sabe ao certo quando a fitomedicina começou, mas há registros de sua existência desde a época da China antiga e em papiros da época egípcia. Isso quer dizer que esta prática vem sido utilizada desde 3000 a.C. no mínimo.

Dentre as plantas mais populares utilizadas como forma de medicamento natural encontram-se o alho cru, a aloe vera e o gengibre. Há, no entanto, muitas outras plantas menos conhecidas que tem propriedades tão interessantes quanto a destas três. Uma delas é a rhodiola rosea.

 

O Que é a Rhodiola Rosea?

A rhodiola rosea é a raiz da planta Rhodiola genera da família Crassulaceae. Esta erva adaptogena é utilizada para estimular o cérebro humano, para promover o aumento de estamina e para otimizar as nossas barreiras de resistência ao estresse físico, químico, ambiental e psicológico.

A planta que também é conhecida como Rosenroot, Raiz Dourada e Raiz do Ártico é proveniente das zonas árticas da Europa, Ásia e Alasca.

A sua essência é utilizada integralmente para a sintetização de suplementos de rhodiola (connection to stress review) e as moléculas da planta contém vários componentes químicos importantes para a sua eficácia na área da medicina botânica. Quanto ao óleo extraído da rhodiola, este não é utilizado medicinalmente devido a quantidades extremamente pequenas (0,05%) encontradas na raiz da erva, o que o torna insignificante.

 

A História da Rhodiola Rosea

Apesar de não ser a planta medicinal mais popular por aí, vale a pena saber que a rhodiola rosea vem sido utilizada por muitas civilizações há muito tempo. A população da Islândia, Rússia, França, Grécia e Suécia já fazia amplo uso dessa raiz desde o começo do primeiro milênio d.C.

Por volta do ano 77 d.C. o médico, botânico e farmacologista grego Pedanius Dioscorides publicou o livro que o colocou no mapa para sempre. Este livro, de nome De Materia Medica, compilou várias plantas e seus usos na medicina herbal. Uma dessas plantas que ele escreveu sobre chamava-se rodia riza, hoje mais conhecida como rhodiola rosea.

Ademais, a raiz dourada foi também consumida por outros povos antigos para diversos fins, tais como:

 

  • Vikings: esse povo nórdico fez o uso da rhodiola rosea para otimizar a sua força e resistência física.
  • Imperadores Chineses: várias pessoas eram colocadas em expedições para trazer a “raiz dourada” da Sibéria para a China para que pudesse ser utilizada na Medicina Tradicional Chinesa.
  • Países da Ásia Central: o preparo da rhodiola rosea em forma de chá era o tratamento mais popular de gripes e resfriados.
  • Médicos da Mongólia: a população recebia receitas médicas de rhodiola rosea para o combate da tuberculose e do câncer.
  • União Soviética: esse povo utilizou do conhecimento sobre a rhodiola rosa – e outras plantas medicinais – para competir com o lado oeste do planeta em desenvolvimento da medicina, estratégica militar, ciência e esportes.

 

Os Benefícios da Rhodiola Rosea

Esta planta entra na categoria de compostos estimulantes, mesmo que não seja tão poderosa quanto o efeito estimulante da cafeína. Devido a esta habilidade, o cérebro humano consegue utilizar da rhodiola rosea para obter 5 vantagens principais da raiz para o nosso organismo. São elas:

 

  1. Combate à Fadiga: 101 sujeitos de ambos os sexos e com idade variando entre 30 e 64 anos mostraram uma melhora significativa nos sintomas de fadiga originada pelo estresse após utilizar a rhodiola rosea por 3 dias. O suplemento foi bem-sucedido ao ser aplicado nos participantes com sintomas de estresse psicológico relacionado ao trabalho ou a vida pessoal. O progresso do estudo iniciado em Chipping Norton, no Reino Unido, continuou até o fim das 4 semanas experimentais.

 

  1. Enfraquecimento do Poder do Estresse: um estudo realizado na Academia Médica de Volgograd, na Rússia, analisou 40 estudantes do sexo masculino durante a semana acadêmica de provas. Por um período de 20 dias, tais estudantes foram suplementados com a rhodiola rosea. A idade dos sujeitos variou entre 13 e 29 anos. No final, concluiu-se que a rhodiola auxiliou a diminuir sintomas de estresse mental nos garotos. Além disso, as notas das provas mostraram-se 8,4% mais altas no grupo que recebeu o suplemento em comparação ao grupo que recebeu placebo.

 

  1. Estímulo da Capacidade Cognitiva: o Ministério da Saúde em Moscou, na Rússia, estudou 161 cadetes militares entre 19 e 21 anos por 7 dias. Os cadetes receberam rhodiola rosea ou placebo. Todos eles eram responsáveis por trabalhos militares no período noturno, o que gerava desconforto, cansaço e distração das tarefas requeridas pelo serviço militar. O uso do suplemento os ajudou a se sentir menos cansados e mais focados. Tais resultados foram revelados após o período curto de 2 horas após a ingestão de rhodiola.

 

  1. Atenuação da Depressão: um grupo de pesquisadores do Departamento Neurológico da Universidade Estadual de Medicina em Yerevan, na Armenia, testou 89 pessoas previamente diagnosticadas com depressão suave ou moderada. Os objetos de estudo eram de ambos os sexos e entre 18 e 64 anos de idade. Apenas 1 mês e meio utilizando a rhodiola rosea resultou na redução dos sintomas de depressão nos participantes. Ao termo do estudo, computou-se a redução dos sintomas depressivos em 50% em relação aos sintomas estabelecidos antes do uso de rhodiola.

 

  1. Promoção da Recuperação Muscular: o uso de rhodiola rosea é efetivo para a estimulação da força muscular, memória do músculo em períodos de descanso e para aumentar a capacidade de foco em atividades anabólicas. O suplemento contribui para diminuir o período de recuperação após um treino intenso.

 

Alternativa mais suave ao uso de suplementos de whey protein (connection to whey TWO) e suplementos de creatina (connection to creatine TWO), os quais, apesar de também serem naturais como a rhodiola rosea, mostram resultados mais rápidos e eficazes na assistência da hipertrofia muscular.

 

A rhodiola turbina o nível de RNA, enzimas e proteínas necessárias para trabalhar nos nossos músculos após um dia pesado na academia.

 

Efeitos Colaterais da Rhodiola Rosea

Por ser um suplemento proveniente de uma planta e apenas sintetizado para o uso medicinal, a rhodiola não possui efeitos adversos severos.

Alguns testes para efeitos colaterais revelaram a possibilidade do aumento da pressão sanguínea, excitação nervosa e afinamento do sangue. Todos os efeitos são relacionados às propriedades estimulantes da planta.

Procure conselho médico antes do consumo da rhodiola rosea.

Bacopa Monnieri: O Que é & Como Afeta o Cérebro Humano

Sintomas de estresse, ansiedade, insônia, neblina cerebral e distração? Tudo o que você queria nessa vida é uma simples solução para esses problemas que não envolva remédios fortes e que podem causar vício?

Muitas vezes achamos que tudo está tranquilo e sob controle. Mas aí um tsunami de estresse vem sem avisar e quando finalmente paramos para avaliar a nossa vida, estamos na verdade nos afogando em angústia. O estado de aflição constante, pernas sempre se mexendo, aquela dorzinha de cabeça que não vai embora e impaciência são sinais de estresse. Não deixe que esses sinais venham de mala e cuia e nunca mais saiam da sua vida. Está na hora de expulsa-los da sua rotina com a ajuda de nootrópicos.

Os suplementos nootrópicos são compostos que agem dentro nosso cérebro. Eles estimulam o nosso potencial cognitivo via sensações de bem-estar e aumento da capacidade de aprendizado. A palavra nootrópico é originária do idioma grego e significa “para a mente”.

Há vários suplementos nootrópicos disponíveis no mercado que variam de acordo com o tipo de influência que oferece para o nosso corpo.

 

  • Atenção e Foco: rhodiola rosea e ashwagandha (connections to their own articles)
  • Ansiedade: L-Teanina e GABA
  • Alterações de Humor: 5-HTP e Ômega 3
  • Sono: melatonina e raiz valeriana

 

Há, no entanto, muitos outros exemplos de suplementos que são praticamente doce para o cérebro. Outro nootrópico interessante e que vem sido bastante usado ultimamente é a bacopa monnieri.

 

O Que é Bacopa Monnieri

Este suplemento nootrópico e adaptogeno é proveniente de uma planta nativa da Índia. Tal planta é um gênero entre quase uma centena de plantas aquáticas da família Plantaginaceae.

A bacopa monnieri, também chamada de Brahmi, cresce em terrenos pantanosos de regiões tropicais e subtropicais. Hoje em dia sendo encontrada especialmente na Ásia e nas Américas. O termo Brahmi foi inspirado no deus do hinduísmo Brahma.

Enquanto a bacopa é ainda pouco conhecida no ocidente, no oriente esta planta vem sido utilizada desde 600 d.C. especialmente pela medicina tradicional Indiana Ayurvedic.

Segundo a medicina Ayurvédica, nós funcionamos de acordo com 3 tipos de energia – ou DOSHAS – que influenciam a nossa mente e corpo. São elas: Vatta, Pitta e Kapha. Quando a energia pitta está desequilibrada, o nosso corpo e mente manifestam sintomas de inflamação e agitação. Na Índia, a brahmi é utilizada para abrandar o desequilíbrio da pitta.

Para a sintetização do suplemento de bacopa (connection to stress article), as partes da erva que são utilizadas são as hastes e folhas.

 

Benefícios da Bacopa Monnieri

 

  • Memória: um estudo com o objetivo de testar a efetividade da bacopa monnieri em idosos foi realizado em New South Wales, na Austrália. A Universidade Southern Cross reuniu 81 pessoas do sexo feminino e masculino com mais de 65 anos. O estudo durou 6 meses e, na sua culminação, os indivíduos do grupo que recebeu o suplemento de bacopa pode provar melhoras em memória e aprendizado verbal.

 

  • Ansiedade: o uso de bacopa monnieri altera o funcionamento natural de certos neurotransmissores que regulam a atividade de serotonina. Além disso, a planta contém hersaponin na sua lista de ingredientes ativos, o qual é um alcalóide responsável por enviar sinais sedativos ao nosso cérebro.

 

  • Envelhecimento: a erva nootrópica vem sido utilizada há muitos anos como um tônico cerebral pela civilização indiana. A bacopa tem propriedades antioxidantes (connection to antioxidant filler) e protege o cérebro contra radicais livres que danificam a atividade neurológica normal.

 

Disfunções Que Podem Ser Tratadas com Bacopa

É comprovado cientificamente que a bacopa aumenta e estimula certos elementos químicos dentro do nosso cérebro que estão diretamente ligados a áreas de raciocínio, aprendizado e memória. Logo, o uso de tal suplemento produz vários benefícios mentais.

 

  • TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade)
  • Doença de Alzheimer
  • Depressão
  • Demência
  • Epilepsia
  • Dor Crônica
  • Hipertensão

 

Efeitos Colaterais da Bacopa Monnieri

De acordo com estudos realizados para comprovar a efetividade da bacopa monnieri, indivíduos que utilizaram do suplemento por um período de 12 semanas não notaram efeitos adversos ou notaram sintomas toleráveis causados pela erva. Todavia, doses mais fortes de bacopa ou o seu uso por um período extenso, resultou em efeitos colaterais moderados em alguns dos participantes de estudos.

Os sintomas experienciados foram de cólica, náusea, inchaço, fadiga, boca seca e diarreia especialmente quando a bacopa monnieri era ingerida de estômago vazio.

Outro sintoma normal causado pela bacopa monnieri é a sedação. Por causa disso, é necessário o exercício de cautela com certas atividades após o uso desse nootrópico. Outrossim, é também necessária a análise de remédios e outros suplementos herbais que podem entrar em conflito com a ação da bacopa.

Ao decidir começar o ciclo de tratamento com esse suplemento, é importante analisar o rótulo do produto antes de compra-lo. Devido ao fato da bacopa ser uma planta aquática, esta pode ter sido contaminada com doses altas de mercúrio ou outros metais pesados. Este fato, no entanto, não é um risco para a nossa saúde desde que o suplemento seja de qualidade.

Sempre consulte o seu médico de confiança para que todas as suas questões sejam respondidas apropriadamente antes de iniciar o uso de qualquer suplemento.

5- HTP: Para Que Serve e Benefícios

 

Um dos componentes mais importantes para o corpo humano é energia. Para repormos a energia utilizada é necessário que nos alimentemos de maneira adequada. Comidas que são fontes principais de energia são: carboidratos, gorduras e aminoácidos. Por conseguinte, tais componentes são as fontes construtoras do nosso organismo.

Dentre tais fontes de energia, os aminoácidos se destacam por conter nitrogênio em sua composição. Isso significa que eles têm a capacidade de formar e reparar músculos, tecidos, pele e órgãos. É por isso que a falta de aminoácidos em nosso corpo pode resultar em dores de cabeça e musculares, fadiga, insônia, etc.

Às vezes a solução para o nosso problema é menor do que imaginamos. Um dos problemas pode ser a carência de triptofano, um aminoácido essencial que o nosso corpo não consegue produzir sozinho. A solução você já sabe.

 

5-HTP Para Que Serve

O triptofano é um aminoácido que ajuda a regular várias partes do funcionamento normal do corpo humano como o humor e hormônios. Outros efeitos desse aminoácido incluem a sensação de calma, tranquilidade e a redução da sensação de ansiedade.

A partir do triptofano, é possível ter acesso a um de seus subprodutos chamado 5-HTP (ou 5-hidroxitriptofano). Este, por sua vez, concentra toda a sua ação no nosso cérebro aumentando os nossos níveis de serotonina e fazendo com que nos sintamos relaxados e alcancemos aquele estado de bem-estar como se a nossa vida fosse um mar de rosas (o que importa é como nos sentimos, né?). Além disso, a serotonina produzida a partir do 5-HTP também ajuda a controlar o desejo de comer besteiras. Afinal, ao comer besteiras o que estamos realmente atrás é da sensação que a serotonina produz.

O efeito do composto químico chamado serotonina acontece a partir de células nervosas que modificam funções cerebrais diretamente relacionadas ao nosso humor e qualidade do sono.

Já os aminoácidos como um todo devem ser uma parte fundamental da alimentação de todo mundo. E quanto eu falo todo mundo eu quero dizer todo mundo mesmo! Crianças, adolescentes, adultos e idosos. Independentemente de preferência alimentar e estado de saúde. Os aminoácidos podem ajudar com várias condições de saúde de modo completamente natural!

O 5-HTP pode ser adquirido via alimentos que são ricos em triptofano que, dentro do nosso corpo, se transformarão em seu subproduto. Outra alternativa é a obtenção de suplementos de 5-HTP (connection to stress review article) que são sintetizados a partir da planta Africana Griffonia simplicifolia.

 

4 Benefícios Curiosos do 5-HTP

 

  1. Perda de Peso: o uso do 5-HTP em forma de suplemento se mostrou efetivo nesse estudo realizado pela Sapienza Universidade de Roma, na Itália. Tal estudo utilizou 19 participantes do sexo feminino que possuíam um IMC (índice de massa corporal) entre 30 e 40. A administração do 5-HTP por um período de 5 semanas resultou em uma considerável perda de peso e ajuste nos hábitos alimentares ao que diz respeito à quantidade de comida ingerida diariamente. Desta forma, é possível compreender que a perda de peso se deu devido à função inibidora de apetite do 5-HTP.

 

  1. Redução do Estresse: um estudo placebo utilizando 5-HTP comprovou o aumento dos níveis de cortisol na saliva de participantes previamente diagnosticados com a síndrome do pânico. No total, 48 pessoas (24 saudáveis e 24 portadoras da síndrome do pânico) participaram deste processo elaborado pelo Departamento de Psiquiatria da Universidade Maastricht, na Holanda. Apesar do cortisol ser popularmente conhecido como o hormônio do estresse, níveis saudáveis de cortisol controlam a pressão sanguínea, o que influencia positivamente no balanço da síndrome do pânico e na queda do estresse.

 

  1. Neutraliza o Terror Noturno: o Centro Pediátrico de Disfunções do Sono da Universidade de Roma, na Itália, fez o uso de 5-HTP em crianças que sofriam de terror noturno. Esse distúrbio do sono faz com que a criança manifeste episódios de pânico e medo durante o sono, provocando choro e gritos causados pelo surgimento da sensação de terror. O estudo concluiu que apenas 1 mês após o início da ingestão de 5-HTP, 29 de 31 crianças apresentaram sinais de melhora. Após 6 meses de teste, o 5-HTP ajudou 26 de 31 crianças (83,9%) a ficarem completamente livres dos ataques de terror noturno.

 

  1. Controla a Menopausa: acredita-se que o 5-HTP tem fortes conexões com o equilíbrio dos sintomas de menopausa como as desconfortáveis ondas de calor. Devido aos seus poderes de otimizar os hormônios do nosso corpo, essa fonte natural pode ajudar com o incomodidade causada pelo termino do período fértil da mulher.

 

Outros benefícios do 5-HTP estão relacionados a:

 

  • Depressão
  • Enxaqueca
  • Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade
  • Fibromialgia
  • Vícios

 

Alimentos Ricos em Triptofano

A inclusão de alimentos que contenham o aminoácido triptofano em sua dieta tem a capacidade de aumentar a quantidade de serotonina liberada pelo nosso cérebro. Este processo se dá devido ao subproduto deste aminoácido, o 5-HTP, que é responsável principalmente por combater o estresse e gerar uma sensação de bem-estar.

Algumas comidas que nos ajudam a promover 5-HTP no nosso organismo são:

  • Clara do Ovo
  • Batatas
  • Carne Bovina
  • Cordeiro
  • Peru
  • Arroz Integral
  • Quinoa
  • Bananas
  • Laticínios orgânicos (leite, iogurte, queijo)
  • Salmão
  • Bacalhau
  • Sementes de Gergelim
  • Castanhas de Caju
  • Nozes
  • Grão de Bico

 

Efeitos Colaterais do 5-HTP

Efeitos adversos do 5-HTP são mais comumente observados em casos de abuso da dosagem diária recomendada. De qualquer modo, sempre consulte o seu médico antes de iniciar qualquer tipo de tratamento com suplementos mesmo que natural. Fique também alerta a efeitos colaterais que podem estar relacionados ao uso de 5-HTP, como diarreia, náusea, dor de cabeça e boca seca.

Apesar de ser relativamente fácil começar a ingestão de alguns dos alimentos listados no tópico acima, o uso do 5-HTP por meio de suplemento é o mais indicado para obter melhores resultados. Pesquisadores afirmam que o nosso corpo é capaz de absorver melhor o produto puro do que quando transformações químicas são necessárias.

Consulte também a opinião do seu médico se você estiver tomando qualquer tipo de medicamento, especialmente se relacionado a sintomas de depressão ou ansiedade.