Musculação

9 Alimentos Que Otimizam o Aumento Muscular ao Usar Creatina

Infelizmente, ou talvez felizmente, ir para a academia, treinar pesado e tomar cretina, mas não cuidar da alimentação pode te deixar estagnado com uma evolução muscular próxima do nada. Por outro lado, a boa notícia é que comer de modo saudável não precisa ser doloroso e torturante.

Na verdade, obter uma dieta balanceada não é tão difícil quanto você imagina. Claro que algumas certas coisinhas (chocolate_gostoso sai da sala) vão precisar ser eliminadas ou diminuídas, mas não se preocupe porque para todos esses alimentos que você ama odiar há uma substituição que vai suprir todas as suas vontades loucas de comer doces e massas.

Os benefícios da creatina não se resumem somente no auxilio da construção de massa magra e aumento muscular, mas também em vários outros tópicos que complementam os alimentos listados abaixo.


  1. Manteiga de Amendoim:

    os benefícios da manteiga de amendoim são versáteis e cheios de nutrientes. Ela é perfeita para aquele lanchinho da tarde saudável numa fatia de pão integral de grãos, em fatias de maçã verde, ou misturado em shakes. Somente 2 colheres de sopa são o equivalente a 8g de proteína complementando a creatina perfeitamente. Mas não se engane! Somente a manteiga de amendoim pura e sem adição de açúcar é benéfica.


  2. Anchova ou Sardinha:

    você já experimentou? Não as negue pela aparência. Anchovas e sardinhas são peixes lotados de ômega-3 e proteína. Elas são recomendadas ao invés de outros tipos de peixe por terem uma vida útil pequena e, portanto, carregarem menos toxinas. Fazer um patê com qualquer um desses peixes é facinho e fica uma delícia, especialmente depois de voltar da academia e de ter tomado creatina.


  3. Grão de Bico:

    esses grãos são um mix de fibra, proteína e carboidratos bons. Eles alimentam os músculos com pouquíssimas calorias, mas muitíssimos nutrientes. Você pode inserir o grão de bico na sua dieta em pedacinhos cortados para a salada, puros depois de serem cozidos como um snack e inibidor de apetite, ou fazendo um homus (pasta de grão de bico) que é parte da culinária hebraica e excelente para comer com vegetais crus.


  4. Beterraba:

    muitos desprezam ou subestimam o valor nutricional da beterraba. Um estudo recente mostrou que comê-las aproximadamente 60-75 minutos antes de se exercitar otimiza a performance e diminui o esforço físico necessário para cada repetição. Isso quer dizer que você pode treinar mais intensamente. Beterrabas são uma delícia raladas na salada, cozidas e cortadas em cubinhos ou espremidas em uma máquina de suco.


  5. Tofu:

    é sempre bom ter alguma forma de soja como parte da sua dieta. Muitos dispensam o tofu por acharem que é uma substituição da carne para quem é vegetariano. Na verdade consumir diferentes tipos de proteína de várias fontes aumentam a sua síntese. Fazer patê de tofu ou usá-lo como aperitivo com sal, azeite e ervas são boas ideias iniciais para incluí-lo na sua dieta ao estar utilizando creatina.


  6. Lentilha:

    além desse legume estar cheio de proteínas e ferro, é também muito barato ao ser comparado a outras comidas. A lentilha é ótima para a perda de peso, o ganho de massa magra e ajuda a prevenir anemia. Coma lentilhas sem receio e não só no ano novo!


  7. Abacate ou Avocado:

    como muitas pessoas não sabem, há muitos tipos de abacate pelo mundo. Se você e um daquele que, como eu, tem pavor de abacate, talvez você não tenha experimentado o que te agrada ainda. Hoje em dia eu sou fã número 1 do abacate pequeno de casca escura, também chamado de avocado ou hass. Abacates são famosos pelos seus níveis de gordura insaturada, que reduzem o colesterol ruim e elevam o colesterol bom. Além disso, eles são ricos em proteínas, fibras e potássio. Adicionar abacate na salada é um dos meus usos prediletos! Amassa-los com um garfo e usa-los como uma pasta na fatia de pao de grãos com sal e pimenta do reino também fica delicioso.


  8. Sementes de Chia:

    essas sementinhas ao entrarem no nosso corpo expandem e produzem a sensação de saciedade. Elas são pequenas, mas são muito ricas em proteína, ômega-3 e fibras. Elas ajudam na hora de arquitetar músculos e combater inflamações. Pudim de chia é uma forma perfeita de começar o dia. Tem várias receitas online de como fazer.


  9. Ovos:

    nutricionistas categorizam os ovos como a perfeita proteína. Segundo especialistas, o corpo humano consegue utilizar a proteína extraída dos ovos de forma mais eficiente do que qualquer outra forma de proteína. A gema do ovo fornece o colesterol essencial para a produção de testosterona e crescimento muscular sem prejudicar a saúde do coração.

Share:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *