O Que é & Para Que Serve a L-Teanina

Um modo rápido e seguro de melhorar a sua capacidade de concentração e foco além de assistir no tratamento natural da ansiedade é por meio do uso da L-teanina.

A teanina pode ser encontrada e extraída da natureza ou ser sintetizada em forma de suplemento. A sua missão principal é a de aliviar traços de estresse e ansiedade e, a partir disso, atingir muitas outras áreas e disfunções do nosso corpo que ocorrem ao redor destes dois gigantes do mal.

 

O Que é L-Teanina?

Essa substância é um aminoácido que possui uma estrutura muito parecida com a glutamina e com os neurotransmissores GABA (connection to GABA) e glutamato. Após a sua ingestão oral, a L-teanina mira no nosso cérebro e age para nos dar a sensação de tranquilidade.

A sua origem natural é proveniente da Camellia sinensis, um arbusto de folhas verde escuras nativo da Ásia. A L-teanina também pode ser encontrada no Boletus badius, um cogumelo comestível de cor marrom avermelhada que cresce nos Estados Unidos entre os meses de agosto e novembro.

A primeira vez que a L-teanina foi extraída e isolada foi em 1950. O seu descobrimento se deu apenas 1 ano antes como um componente do chá verde. Essa substância está presente em alguns tipos de cogumelo e nos chás verde, branco e preto.

Em meados da década de 60, a L-teanina foi aprovada no Japão para uso em bebidas e alimentos. Após tal ocorrido, a América do Norte concedeu a esta erva o status de substância considerada segura.

Para você ter uma ideia, uma xícara normal de chá verde contém aproximadamente 20mg da substância. Ademais, suplementos de L-teanina fornecem doses que variam entre 50 e 250mg.

 

Para Que Serve a L-Teanina

Os efeitos da L-teanina são puramente naturais e servem para colocar o corpo humano em um estado de calma, mas sem causar sonolência. Na verdade, os seus efeitos são muito parecidos com os da raiz valeriana retirando o efeito sedativo. Confira abaixo alguns benefícios desta erva.

 

  1. Promove a arte de relaxar: ao fazer o uso da L-teanina seja em forma de chá, alimento ou suplemento, o nosso cérebro passa a aumentar a produção e o efeito do GABA. Tal substância, também conhecida como ácido gama-aminobutírico, é um aminoácido presente no nosso organismo na forma do neurotransmissor inibitório mais importante do corpo humano. O GABA trabalha bloqueando a transmissão de impulsos nervosos e evitando crises de ansiedade e estresse. Por conseguinte, o aumento da quantidade de GABA no nosso cérebro gera o efeito contrário do estresse: sensação de calma e bem-estar. Apesar de vários suplementos terem o poder de acalmar o nosso sistema nervoso central, não são todos que tem a capacidade de atravessar a barreira sanguínea do cérebro e operar diretamente na fonte do GABA.

 

  1. Estimula o foco e concentração: a L-teanina também aumenta a atividade de ondas cerebrais alfa, as quais permitem que entremos em um estado de relaxamento profundo. Tais ondas estão presentes durante o sono REM, em situações de calma e foco extremo e em sessões de meditação. Um estudo placebo conduzido pela Universidade Católica de Seoul, na Coréia Do Sul, comprovou tal fato. Os participantes eram todos do sexo masculino, entre 18 e 30 anos de idade e considerados saudáveis. Ao final dos testes, o estudo concluiu que a administração de L-teanina em cápsulas aumentou a atividade de ondas cerebrais alfa especialmente nos indivíduos que sofriam de ansiedade.

 

  1. Evita a ressaca: os níveis de glutationa no nosso organismo vão as alturas com o uso de L-teanina. Tal substância é uma molécula antioxidante que tem ação detox e auxilia a manter a saúde do fígado. Assim, muitas pessoas utilizam a L-teanina antes de ingerir bebidas alcoólicas ou no dia seguinte para curar a ressaca.

 

  1. Reduz a pressão sanguínea: o estresse psicológico do nosso dia a dia tem o poder de atirar a nossa pressão sanguínea nas alturas. Felizmente, a L-teanina consegue reverter esse quadro e estabelecer calmaria no nosso organismo, o que, consequentemente, regula a pressão arterial.

 

  1. Diminui os efeitos negativos da cafeína: a presença de L-teanina em chás é a resposta para a sua pergunta – por que o café nos faz tremer imediatamente, mas o chá requer uma quantidade muito maior para nos deixar inquietos?

 

  1. Regula os níveis de serotonina e dopamina: a serotonina é o neurotransmissor da felicidade. Já a dopamina é o neurotransmissor da recompensa. Vou explicar. Sabe aquela ideia brilhante que nunca funciona de comer só um pedacinho de chocolate ou só um cheetos? A culpa é da dopamina. Quando comemos algo que nos dá prazer, o nosso organismo lança a dopamina bem alto e isso nos dá a sensação de prazer. Mas tudo que vai volta. Ao voltar para o chão, a dopamina nos deixa querendo mais e por isso não conseguimos parar de comer. Há atualmente estudos em andamento analisando a capacidade da L-teanina de regular vícios não só alimentares como já é comprovado, mas de narcóticos e bebidas alcoólicas também.

 

Além destes usos principais, a L-teanina também tem um efeito positivo e vantajoso nas seguintes ocasiões:

  • Pode otimizar a efetividade de tratamentos para o câncer
  • Auxilia adultos e crianças que sofrem de TDAH
  • Favorece uma melhor noite de sono
  • Combate efeitos negativos da abstinência de opiáceos

Efeitos Colaterais da L-Teanina

Com a benção da FDA (Food and Drug Administration), uma entidade dos Estados Unidos que regula remédios e alimentos, é seguro acreditar que a L-teanina não oferece perigos. O risco de overdose com esta substância é extremamente difícil e não há efeitos adversos graves reportados.

Vários estudos realizados em ratos de laboratório com doses diferentes de L-teanina por períodos de tempo também distintos falharam em revelar quaisquer reações tóxicas à substância.

Contudo, apesar da L-teanina ser consideravelmente confiável e natural, consulte o seu médico de confiança antes de iniciar o uso de qualquer suplemento seja ele herbal ou sintetizado.

 

 

No comment Add yours.


Add your comment

Your email address will not be published.