EmagrecimentoMusculação

VOCÊ REALMENTE SABE TUDO SOBRE WHEY PROTEIN?

Quando o assunto é academia, musculação, treino e ganho de massa qual é o primeiro suplemento que vem a sua mente? Whey protein? Pra mim também! Há na verdade tantas controvérsias sobre o uso do whey, que eu decidi escrever tudo que você precisa saber sobre esse suplemento.

Que o whey protein funciona você já sabe, mas é realmente essencial para o desenvolvimento muscular ou só comer alimentos ricos em proteínas dá pro gasto? Aposto que você já ouviu alguém falar que comprar whey protein é um gasto monetário desnecessário e que é só ter uma dieta que contenha peito de frango para obter os mesmos resultados. Bom… sim e não. E vou explicar o porquê.

 

O QUE SÃO PROTEÍNAS

A proteína é um macronutriente muito encontrado em vários produtos animais, porém pode também ser detectado em nozes, sementes e legumes. A sua principal e mais conhecida atividade é a de construir massa magra.

Esse macronutriente é apenas um dentro de três existentes. Os outros dois são os lipídios e os carboidratos. A função dessa tríade é basicamente a de fornecer energia e calorias ao organismo. Dependendo do nutriente, o corpo requere pequenas ou grandes quantidades para que possa funcionar corretamente. Os primeiros são chamados de micronutrientes e os segundos de macronutrientes.

A energia providenciada por essas substancias químicas são interpretadas pelo nosso corpo em forma de calorias.

  • 1g de proteína = 4 calorias
  • 1g de lipídio = 9 calorias
  • 1g de carboidrato = 4 calorias

As proteínas são feitas de complexos ainda menores chamados de aminoácidos que, por sua vez, são formados de carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio ou enxofre. Apesar da natureza ser muito generosa e nos oferecer centenas de tipos diferentes de aminoácidos, o corpo humano só faz uso de 22 deles. Dentre eles, o nosso organismo é capaz de produzir 13. Os outros nove são adquiridos pela nossa alimentação.

Aproximadamente 15% do nosso peso é constituído de proteínas e, de acordo com o Instituto Nacional de Saúde Americana (NIH), as proteínas são as pecinhas de lego necessárias para construir massa muscular.

 

O QUE É WHEY PROTEIN

Whey é um dos tipos de proteína encontrados no leite, sendo um subproduto deste. Você sabia que você pode até fazer o seu próprio whey em casa? O processo na verdade é bem simples. É só deixar o leite cru fora da geladeira por alguns dias. Vagarosamente, o leite começa a coalhar (parte que é usada para fazer o queijo) e o líquido restante é o whey.

Obviamente para a conveniência da economia e dos usuários, o whey líquido é transformado em pó para o comércio. Um bom exemplo é quando abre o potinho de iogurte e tem aquela água flutuando no topo. Aquilo é whey protein. Quando comprado em pó pode ser rapidamente reconstituída a sua forma original ao ser misturado com líquidos.

O whey protein natural não tem um gosto muito apetitoso, é por isso que é ofertado em diversos sabores como chocolate, baunilha ou morango. Devido à variedade de sabores de whey protein, a dieta da proteína fica ainda mais interessante de se seguir. É só importante tomar cuidado com os rótulos e verificar se não tem aditivos de açúcar escondidos no meio do seu shake.

 

TIPOS DE WHEY PROTEIN

Atualmente existem três tipos de whey protein disponíveis no mercado. O whey, no entanto, não é o único tipo de proteína por aí. Há outras opções se você estiver se sentido aventureiro, mas o whey ainda é o mais popular. Dentre as opções de whey, o whey protein isolado é o mais notório, mas será também o melhor?

 

  • Whey Protein Concentrado: pode variar na porcentagem de proteína, mas normalmente oferece 80%. O restante é gordura, lactose e minerais. É o tipo de whey menos processado. O whey concentrado é comumente utilizado para bebidas proteicas e barrinhas de cereal.
  • Whey Protein Isolado: esta é a forma mais pura de whey existente. Oferece normalmente 90-95% de whey em sua fórmula. Como a gordura é isolada, é recomendado para pessoas com intolerância a lactose. O whey protein isolado é o mais popular entre atletas devido ao seu alto teor de proteína por porção.
  • Whey Protein Hidrolisado: este tipo de whey reúne moléculas de proteína que foram processadas e quebradas em peptídeos para melhor e mais rápida absorção, mas sem obstruir a qualidade do suplemento. É muito utilizado em fórmulas infantis ou médicas.

 

OUTRAS OPÇÕES PARA A SUA DIETA DA PROTEÍNA

Além da whey protein, muitas pessoas optam por uma dessas quatro abaixo por estarem a procura de um propósito diferente.

  • Proteína Caseína: essa opção tem moléculas que levam horas e horas (entre 5-7) para se quebrarem. Muitas pessoas preferem a proteína caseína para substituírem uma refeição inteira ou para antes de dormir.
  • Proteína de Soja: esse tipo de proteína não é um grande hit entre atletas, fisiculturistas ou ratos de academia. No entanto, é a melhor opção vegetariana existente. A proteína de soja oferece bastante glutamina, arginina e aminoácidos em sua fórmula.
  • Proteína do Soro do Leite: aqui temos uma mistura entre a whey protein e a proteína caseína. Não é muito popular quando comparada às outras opções disponíveis.
  • Proteína Albumina: esse tipo é pra voltar à moda antiga. A proteína albumina é encontrada na clara do ovo. Antigamente era um método muito popular quando a whey ainda não existia. Hoje em dia é normalmente adquirida em forma líquida para cozinhar e é ideal para auxiliar uma dieta da proteína.

 

BENEFÍCIOS DO WHEY PROTEIN

O whey protein possui tantos benefícios que quase não tem restrições quanto a sua ingestão. Seja você um fisiculturista, procurando por hipertrofia muscular, ou dona de casa com quatro filhos. Não importa! O whey protein tem pelo menos um benefício que vai fazer seus olhinhos brilharem.

  • Estimula o Sistema Imunológico: o whey protein contém um teor alto de glutationa, que é um poderoso antioxidante. O nosso corpo produz certa quantidade de glutationa, mas ao envelhecermos esse número cai drasticamente. A principal função desse antioxidante é servir como segurança das nossas células e mitocôndrias evitando enfermidade. É também um grande auxilio na recuperação muscular.
  • Aumenta o Vigor e Desenvolve Massa Magra: um artigo publicado pela Revista Brasileira de Nutrição Esportiva no primeiro semestre de 2009 concluiu que o uso do whey protein, antes ou pós treino, incrementa o sistema anabólico, induzindo a hipertrofia do músculo.
  • Prolonga a Expectativa de Vida: foi comprovado que o uso de whey reduz a perda de massas de cálcio, reduz a diminuição do funcionamento celular e a queda da qualidade digestiva. Sendo assim, é o suplemento perfeito para todas as idades!
  • Reduz os Níveis de Glicose no Sangue: ajuda a estabilizar o teor de açúcar no sangue ao ser ingerido antes da refeição. Além disso, e segundo um artigo publicado pelo Jornal da Unicamp em dezembro de 2013, o uso do whey possibilitou a entrada de glicose na célula. O que isso quer dizer? Quer dizer que normalmente para isso ocorrer, o nosso organismo requere insulina. Com o uso do whey, isso aconteceu sem a ação da insulina, o que é uma boa notícia para os diabéticos.
  • Queima Gorduras: ao ser comparado a outros alimentos, o whey além de desenvolver o aumento muscular, também providencia a queima de gorduras durante o exercício.
  • Supre o Apetite: estudos indicam que o whey atua diretamente nos dois hormônios (grelina e leptina) que regulam o nosso apetite causando, assim, um balanceamento na vontade de beliscar doces e fast food.

 

 

Share:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *